Porto de Sines

Porto de Sines

terça-feira, 23 de novembro de 2010

O QUE SE COME NUMA SEMANA

O que se come numa semana, OU O QUE SE PODE COMER?


Muito interessante o comparativo. Vejam o tamanho da família, a dieta alimentar de cada país, a disponibilidade de alimentos e a despesa com comida, numa semana.

1 - Alemanha: Família Melander de Bargteheide.

Despesa com alimentação em 1 semana: 375.39 Euros / $500.07 dólares



2 - Estados Unidos da América: Família Revis da Carolina do Norte

Despesa com alimentação em 1 semana: $341.98 dolares



3 - Italia: Família Manzo da Secília

Despesa com alimentação em 1 semana: 214.36 Euros / $260.11 dolares



4 - México: Família Casales de Cuernavaca

Despesa com alimentação em 1 semana: 1,862.78 Pesos / $189.09 dólares



5 - Polónia: Família Sobczynscy de Konstancin-Jeziorna

Despesa com alimentação em 1 semana: 582.48 Zlotys / $151.27 dólares



6 - Egito: Família Ahmed do Cairo

Despesa com alimentação em 1 semana: 387.85 Egyptian Pounds / $68.53 dólares



7 - Equador: Família Ayme de Tingo

Despesa com alimentação em 1 semana: $31.55 dólares



8 - Butão: Família Namgay da vila de Shingkhey

Despesa com alimentação em 1 semana: 224.93 ngultrum / $5.03 dólares



9 - Chade: Família Aboubakar do campo de refugiados de Breidjing

Despesa com alimentação por semana: 685 Francos / $1.23 dólares



Dá que pensar! REFLITAMOS UM POUCO

Fonte: E-mail recebido

16 comentários:

manuel marques disse...

Dá que pensar e repensar.

Abraço.

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Meu amigo dá que pensar, de certo que o mesmo numero de agregados familiares em Portugal deve de gastar bem mais, a não ser os mais pobres que nem uma côdea por vezes tem para comer.
Mas o nosso pinóquio diz que não estamos a precisar de a ajuda de ninguém, o nosso Pais é rico. Com o dinheiro que eles vão roubando cada vez mais dos nossos bolsos.
Tenha uma boa noite, beijinhos de luz e paz

Luís Coelho disse...

E se dá que pensar mas só para nós que apertamos o cinto.
Eles por aí nesses países onde se morre sem nada e a fome é dona e senhora, também muitos vivem na opulência, estragando o que à maioria faz falta.

acácia rubra disse...

Ontem estive aqui e não consegui deixar nada escrito.

Hoje voltei.E continuo incapaz.

Há filhos de um deus menor...

Beijo

Laura disse...

Jorge; já tinha visto na tv há tempos, e realmente, os americanos ganham muito mais que nós e há quem nem tem uma mesa com comida...nem vazia. Mas como sempre digo; O Pai a todos proverá, e daqui e dali lá se vão desenrascando...
mas há tanta gente aqui que nem precisa, deita muito fora e nem são capazes de ajudar... enfim.. Deus está lá amanhã para eles também.

Um abraço da laura

Lis disse...

OiJorge
De fato há disparidades impossíveis de conserto.
Além do que se alimentam mal por hábitos e costumes de cada país e região.
Financeiramente,uma disparidade maior.

Renovo minha amizade e deixo um abraço

Osvaldo disse...

Caro amigo Jorge;

Dá para pensar e também para a maoioria, para contar, mas estes é para contar o que resta para ver se ainda conseguem lá chegar com os céntimos que restam...

Gostei do tema e da reportagem.

grande abraço, Jorge.
Osvaldo

Hana disse...

Amigo querido, pessoa fantástica, este post e absurdameente maravilhosos e fantastico, para uma reflexão, sabe que faltou o Japão aí, e o Brasil que é um contraste enome também que post necessário, vc sempre trazendo temas importantíssimo, este menino me dá orgulho!!!!
Gostaria de convida-lo a conhecer meu blog Japão cultura, espero que goste.
Então todos pensam que Japão é Industria tecnologia, eu quero mostra arte rica que este país tem, a gastronomia, e tenho outros projetos para este blog, e o Criador ja me permitiu conseguir, tudo em que acreditamos acotece, pois somos o que pensamos assim falava o filósofo, rs, abração e obrigada mesmo, pelo apoio e afeto de sempre.
com carinho
Hana

Maria disse...

Sim amigo dá que pensar. Uns com tanto e outros com tão pouco e o mais triste é vermos as desigualdades sociais aumentar cada vez mais.
Bom fim-de-semana
Beijinhos
Maria

Lis disse...

Passando e deixando um abraço
obrigada pela presença amável
um carinho

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Jorgeamigo

Dá que pensar; que repensar; que tripensar - e por aí fora. E dá para que nós nos apercebamos do que estamos a fazer a esta desgraçada Terra que, ainda por cima, é a única que temos.

Todos os que nos antecederam também não podem lavar as mãos, pilatosaniamente; mas, nós temos, pelo menos, de nos lembrar que neste preciso momento há gente - e muita - a morrer de fome.

Pior, ainda: neste preciso momento, também, há milhares de pessoas (???) a ganharem milhões com a venda da droga, com a venda de armas, com a venda de corpos.

Assim vai este degraçado (e nosso?) Mundo.

Abs

Vitor Chuva disse...

Olá, Jorge!

Este mundo nunca foi perfeito, nem justo, e cada vez o é menos.
Uns comem para sobreviver, outros para se alimentarem, outros até se fartarem, um pouco à medida do dinheiro que têm... E há os que não têm o que comer, que são cada vez mais. Este, é um mundo cão!

Um abraço amigo.
Vitor

JB disse...

Fiquei sem palavras!!!
Haverá sempre injustiças!

Parabéns pelo post que acabou de publicar. è bom que se coloquem na mesa as realidades humanas!

Beijinho

Jorge disse...

AMIGAS/OS, protagonistas desta partilha;
Obrigado pelas vossas oportunas considerações, que na generalidade vou referir, sobre um tema [O QUE SE COME NUMA SEMANA] que dá certamente que pensar e repensar, àcerca da fome e deficiências alimentares que infelizmente grassam por esse mundo fora e já se vão sentindo cá dentro.
As desigualdades sociais aprofundam-se [uns com tanto e muitos com pouco], a fome é dona e senhora em muitos lares, uns comem para sobreviverem, outros para se alimentarem e outros até se fartarem e até desperdiçarem.
Todos temos que nos questionar, porque todos somos responsáveis. Devemos levar uma vida ética, pondo as necessidades dos outros em primeiro lugar de forma a contribuir, na medida das nossas possibilidades, para a sua felicidade.
Este facto de nos empenharmos no ideal de cuidar outros tem de influenciar os nossos objectivos sociais e políticos.
UMA BOA SEMANA!
J

FlorAlpina disse...

Olá Jorge,
Contra factos não há argumentos...está tudo dito em cima!

Bjs dos Alpes

Multiolhares disse...

é a realidade que atravessamos, bem triste mas real
Bjs