Porto de Sines

Porto de Sines

terça-feira, 29 de Julho de 2014

" BADOCA SAFARI PARK " [1 / 4]

O  " BADOCA SAFARI PARK " é um projecto inédito em Portugal, que só o Alentejo e a sua paisagem, um oásis de tranquilidade, poderiam proporcionar.

O seu fundador foi o caçador e guia profissional em Moçambique RUI QUADROS, já falecido.
Depois de várias tentativas, encontrou no Alentejo, tão belo e quase africano, as condições ideais para levar a cabo o seu projecto. Foi assim que ele se expressou num encontro que tivemos, no princípio dos anos oitenta, em Sines.

À entrada, azagaias e escudos em leque, virados para o céu, prenunciam um SAFARI.

A recepção, é porta de acesso  para observar de perto uma diversidade ímpar de animais selvagens.
ESTE ESQUELETO É MESMO VERDADEIRO!  Mede 6,5 m e pertence ao Badoca.
O Badoca foi a primeira girafa macho que chegou em 1999, daí surgiu a designação de 
"BADOCA SAFARI PARK".

Um dia auspicioso! Após a entrada no parque, deu para perambular, tirar fotos a aves exóticas e aos lémures na sua ilha.

Aqui vemos um tranquilo PAPAGAIO-ECLÉTICO [macho]. A fêmea tem o corpo todo coberto de penas azuis e vermelhas. É originário da Austrália, Bornéu, Papua-Nova Guiné.

Periquitos  Loverbirds Cara de Pêssego, Originários do sul de Angola e do Sudoeste Africano posam à distância em segurança.

GROU-COROADO-DE-PESCOÇO-CINZENTO,  

com a sua coroa, exibindo porte nobre e realeza.  

ARARAS-AZUIS-E-AMARELAS, originárias do nordeste do Brasil. São espécies protegidas.

ARARAS-VERDES-AZUIS-E-VERMELHAS, originárias da mesma região do Brasil. Espécies igualmente protegidas.

Um FLAMINGO que parece estar em reflexão total, alheio a olhares curiosos.

Um par de flamingos ainda em sono matinal desfrutando o silêncio que os rodeia.

Uma pavoa passeando, vigiando e orientando as suas duas crias.

Lémures- Primatas apenas encontrados na ilha de Madagáscar, em vias de extinção, ufanos da sua cauda longa e peluda.


cajoco

Fotos: cajoco

segunda-feira, 21 de Julho de 2014

RTP em SINES

Tendo como cenário o largo do Pontal, a RTP marcou hoje presença em Sines, apresentando em direto um espetáculo de música e variedades, de que damos uma singela amostra.

A música é um meio de chegar depressa ao mundo das emoções. Tem como pano de fundo edificações da orla marítima de Sines.

Apresentação de uma mostra coreográfica e multicolorida do Carnaval em Sines .

Fundeada no Porto de Recreio também está a Caravela Vera Cruz [uma réplica das antigas caravelas portuguesas dos Descobrimentos nos séculos XV e XVI] , que revisitou Sines e está disponível para visitas entre 20 e 22 de Julho - neste último dia só da parte da manhã.


cajoco

Fotos: cajoco

sexta-feira, 11 de Julho de 2014

" REQUALIFICAÇÃO DA AVENIDA VASCO DA GAMA "



O trânsito automóvel na AVENIDA VASCO DA GAMA, junto à Praia de Sines, foi retomado no dia 6 de Junho, ficando assim materializado o processo de requalificação da Avenida.
Está também concluída a contenção e consolidação da falésia, entre o Largo dos Penedos e as Escadinhas do Muro da Praia.

Mantendo a circulação automóvel numa faixa de duas vias, transformando-a em passeio público, com espaços mais amplos para peões e ciclistas.

Um varandim, donde se pode avistar o movimento marítimo no Porto de Sines e respirar o ar do mar com maior proximidade. Pormenor que marca a diferença.

Um sugestivo elevador que configura uma autêntica obra de arte, aguarda trabalhos e certificações finais para começar a funcionar.

Elevador atrativo, muito original,  com forma estilizada do mítico cavalo marinho,  cujo o olhar vigilante nos dá horas certas.

As Escadinhas do Muro da Praia foram também reconvertidas e tornadas mais atrativas.


Esta requalicação da frente marítima é um valioso contributo de valorização  da cidade de Sines, tornando-a mais atrativa, não só pra os residentes mas também para os visitantes.

Fonte: SINES MUNICIPAL [Adaptação]
Fotos: cajoco

quarta-feira, 2 de Julho de 2014

"SINES COMÉRCIO TRADICIONAL EM FESTA "

No JARDIM DAS DESCOBERTAS  decorreu no dia 29 de Junho, em SINES, a FESTA DO COMÉRCIO TRADICIONAL.

Fomos visitar a Feira,  passear e olhar em redor.


Comer beber e petiscar é algo que não podia faltar.



Privilegiamos dar visibilidade a espantalhos que ainda não conhecíamos, igualmente originais, simpáticos e criativos.

Representativos de diversas Actividades Económicas de Sines.



Mostra de Produtos Regionais como: Frascos de diversos tamanhos com Mel de Rosmaninho colhido em zonas isentas de poluição e outros produtos afins.
A TALHA apresenta várias mostras de azeite do LAGAR DO PARRAL, produzido no Baixo Alentejo.

Artefatos em cortiça, matéria prima que abunda no Alentejo.

A ASOCIAÇÃO DE ARTESÃOS DE SINES, marcou também presença com uma exposição de trabalhos manuais tradicionais elaborados no âmbito da sua actividade.
Admiramos uma criativa Janela Alentejana, símbolo da atratividade e libertação, transformada em Saco de Compras.


Uma MEGA AULA DE ZUMBA COM TOM MANÉ:

Despertou a participação entusiástica da assistência nos movimentos de animação coreográfica, convidando todos a seguirem o mesmo ritmo gestual.
O conjunto "AFLUENTES DO SADO" proveniente de Alvalade do Sado, também actuou no palco, entoando cantigas do Alentejo.
Sendo de salientar a canção "Verdes Trigais", que comporta toda a nostalgia do Alentejo profundo e dos seus montes caiados de branco.

O Presidente da Câmara Municipal de Sines Nuno Mascarenhas, valorizou  e dignificou o evento dissertando, para a população presente, sobre esta e outras meritórias iniciativas em curso.

Por fim, retirou da tômbola o  passaporte premiado com a atribuição da viagem à Ilha da Madeira para duas pessoas, sendo a feliz contemplada  a Sra D. Maria Teresa Santos.


A tômbola e o chapéu [verdadeiro ex-libris da festa] deram por concluída a sua missão, sinal inequívoco do dever cumprido nesta iniciativa que pretende divulgar e chamar a atenção para o Comércio Tradicional em Sines .


Fotautor: cajoco

quinta-feira, 12 de Junho de 2014

* ESTA PRIMAVERA VAMOS ESPANTAR A CRISE *


É o mote de um passatempo inovador organizado e apoiado por diversas entidades, entre as quais a Associação do Comércio, Indústria, Serviços e Turismo do Distrito de Setúbal, Câmara Municipal de Sines e Agência Abreu, visando nesta época de crise motivar as pessoas para    fazerem as suas compras no Comércio Tradicional.


Eis alguns dos * ESPANTALHOS*,  valioso contributo  do ímpeto creativo dos comerciantes de Sines que com eles adornaram o exterior das suas lojas, motivando a população local, dando  as boas-vindas aos visitantes e afastando para bem longe a crise [ ave não tão rara quanto isso] que nos assola.

Este passatempo primaveril aproxima-se da reta final [até 21 de Junho]. Aproveitem esta bem intencionada iniciativa para visitar Sines e fazerem as suas compras no Comércio Tradicional.



Convido os amigos a manifestarem-se sobre qual dos *espantalhos* consideram  mais patusco.

Fotoautor: cajoco