Porto de Sines

Porto de Sines

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

O EEEEEEEEEECOOOOOOOO DA VIDA (((((IMPERDÍVEL)))))

Filho e  pai caminhavam nas montanhas. De repente o filho magoa-se e grita "Aaaaaahhhhhhhhh!!!!!"
Para seu espanto ouve uma voz vinda da montanha: "Aaaaaahhhhhhhhh!!!!!"

Com curiosidade o menino pergunta: "Quem está aí??"
Recebe uma resposta: "Quem está aí??"

Zangado com a resposta: "Cobarde!"
E recebe como resposta: "Cobarde!"

O menino olha para o seu pai e pergunta-lhe:
"Que é que se passa?"
O pai sorri e diz-lhe:

"Filho, presta atenção"
E o pai grita para a montanha: "Admiro-te!"
E a voz responde: "Admiro-te!"

Novamente o homem grita: "És um campeão!"
E a voz responde-lhe: "És um campeão!"

O menino estava admirado mas não entendia.

Então o pai explica-lhe:


As pessoas chamam-lhe eco, mas na realidade é a vida!

Devolve tudo o que dizes ou fazes.
A nossa vida é simplesmente um reflexo das nossas acções.

Se desejas amor no mundo, cria amor à tua volta.

Se desejas felicidade faz felizes os que te rodeiam.

Se desejas um sorriso na alma, dá um sorriso á alma dos que conheces.

Esta relação aplica-se a todos os aspectos da vida.
A vida dar-te-á de regresso, exactamente aquilo que tu lhe deste.

A tua vida não é uma coincidência, é um reflexo de ti.


Fonte: E-mail recebido

19 comentários:

acácia rubra disse...

Obrigada por partilhares palavras assim.

Depois de ler,senti-me bem.

Beijo

Osvaldo disse...

Caro amigo Jorge;

Que belo exemplo de sabedoria contem todo este post.

O que temos é o que recebemos de tudo o que damos. Se a humanidade pensasse assim não haveria tantas desigualdades e o Mundo seria bem mais feliz.

Grande abraço, amigo Jorge.
Osvaldo

Janita disse...

Jorge Amigo.
Dentro de poucas horas regresso ao Porto. Antes porém, vim rever os meus amigos.Gostaria de ter tempo para enviar, já, uma mensagem a todos. Na impossibilidade de o fazer, porque o convívio com a minha família é o motivo que aqui me trouxe, vou apenas felicitá-lo, meu querido amigo, por este post maravilhoso!
O eco que a montanha nos devolve é o mesmo que nos devolve a vida.
Se queremos amigos, temos que dar amizade. Se quisermos carinho, temos que acarinhar...
Verdade insofismável!!
Beijinhos
Janita

Graça Pereira disse...

Linda a história do eco...Linda a história da vida que se dá em sorrisos e amor... A vida, nunca nos atraiçoa...ela, só devolve tudo quanto lá plantámos...
Beijo neste doce Novembro...
Graça

FlorAlpina disse...

Olá Jorge,
Bonito exemplo de como deviam funcionar as coisas!
Recebemos aquilo que damos.

Abraço dos Alpes

Rosane Marega disse...

Que lindo!
Beijosssssssss e uma semana maravilhosa

manuel marques disse...

É sempre com muito prazer que passo por aqui.

Abraço.

lis disse...

Bonito conto e pra refletir.
que nossos ecos estejam se repetindo e construindo algo em nós e nos que amamos.
abraços

Maria Ribeiro disse...

Lindo, JORGE!
Ver o ECO dessa maneira pedagógica, enriquece! Na realidade ,penso que somos o eco de nós próprios...Por isso, porque por vezes reconhecemos que a coisa não soa como somos...temos a humildade de pedir perdão.
Mas há o contrário ,também, os que se acham acima de toda a verdade e não ouvem o "seu eco"...
BEIJO
Mª ELISA

FMF disse...

Há quem lhe chame a lei do karma.

Vitor Chuva disse...

Olá, Jorge!

É uma velha verdade, mas que nunca perde a actualidade.Como regra, colhe-se o que se semeia, e isto é verdade em todos os aspectos da vida, incluindo o lado social da mesma, ainda que, às vezes,nos possamos esquecer disso...

Abraço amigo, e obrigado pelo comentário.

Vitor

Lídia Borges disse...

Um texto cheio de objectividade... Da objectividade da vida que nem sempre queremos ver.
Uma lição!

L.B.

**-.♥Luis Perdigao♥.-** disse...

É amigo muito bonito quem semeia ventos colhe tempestades, cada um recebe e por vezes em dobro daquilo que dá.
Abraço de amizade.

Kimbanda disse...

Olá estimado amigo Jorge.

Estou de volta por pouco tempo, e assim virá a ser durante este mês. Mas sinto-me como se tivesse feito pontaria certeira, tendo chegado na hora certa.
O bem que nos faz revisitar-mos o que sabemos, principalmente quando nos é transmitido de forma tão intensa.

Um óptimo fim de semana e meus kandandos e admiração.

Hana disse...

Um grande escrito, sabias palavras npe amigo meu, então na realidade, a nossa plantação é opcional, mas nossa colheita é obrigatória, é simples. Amigo meu que saudades, logo que cheguei vim te dar um beijo de passarinho, e um abração de urso, e só relembrar, admiro vc, seu blog, seus escritos!! O que anda aprontantando em, não trabalhe demais em, curta um pouco a doce vida!! Que esta semana seja cheia de grande e belas novidades, que seja iluminada como sua alma, como vc, haha vou olevar um pouquinho desta paz que encontrei aki em seu blog, mas vou deixar meu afeto, meu sorriso, e meu aconchego beijãooooooooooooooooo!!
com carinho
Hana

Rosane Marega disse...

Esse texto é tão perfeito que ja o li umas 20 vezes!
Beijossss Jorge

Regina Rozenbaum disse...

Jorge, amado!
Essa é uma das "histórias" mais verdadeiras que vivenciamos diariamente, a todo instante...
Beijuuss ILUMINADOS n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Jorge disse...

AMIGAS E AMIGOS, que se renovam dia a dia; são todos INDISPENSÁVEIS!!
A vossa estimada presença e partiha generosa ECOA no meu coração. Imerecidamente recebi em redobro aquilo que procurei, como pude e soube, oferecer-vos.
Obrigado e um abraço para todos.
Jorge

Rosane Marega disse...

Jorge, passo aqui hoje para te desejar um lindo final de semana com muito Amor e Paz!