Porto de Sines

Porto de Sines

terça-feira, 20 de julho de 2010

Por um Mundo Melhor



É-me impossível recusar o amável convite da amiga Rê [www.toforatodentro.blogspot.com/] para participar Por um Mundo Melhor.

Com a convicção de que a mudança POR UM MUNDO MELHOR deve começar em nós próprios, praticando com sinceridade e persistência, pouco a pouco , passo a passo, sendo capazes de reorganizar os nossos hábitos e atitudes gradualmente de modo a pensarmos menos nos nossos próprios interesses e mais nos dos outros. Ao fazê-lo desfrutaremos da paz e da felicidade.

Transmitindo um sinal de que o mundo pode ser diferente, pode ser melhor, formulo:



UM APELO

Assim Devemos:

Assegurar que todas as crianças cresçam e se desenvolvam em ambientes familiares livres de privação e exclusão.

Garantir a todos o livre acesso a educação, saúde e habitação condignas.

Não forçar os outros a mudar. Aprendamos a aceitá-los como são. A nossa felicidade está intimamente ligada com a felicidade dos outros.

Lutar contra a discriminação racial, religiosa, sexual ou de quem pensa diferente.

Não voltar as costas aos que têm uma aparência estranha, aos miseráveis e aos enfermos.

Cultivar uma atitude positiva. A experiência do sofrimento pode-nos abrir os olhos para a realidade.

Garantir aos idosos condições de vida dignas.

Os ricos deverão utilizar a sua riqueza com inteligência [não numa vida luxuosa] partilhando-a com os necessitados - a maioria não o faz.

Nós os humanos somos a única espécie que tem poder para destruir a Terra. Não é o meio ambiente que precisa de ser restaurado, é o nosso comportamento que precisa de mudar.

Saber que na sepultura todos somos iguais.


Convido todos que estiverem empenhados em publicar algo sobre este tema, que o façam, devendo para o efeito exibir no blog a imagem do selinho, indicar o link do blog que lhe proporcionou o sêlo e convidarem os amigos.

11 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

Jorge, amado!
Depois de seu "jantar volante" que me deu água na boca, o que escreves é um verdadeiro jantar dos D'USES para minha alma e coração. Você,amigo, realmente, faz toda diferença!!!
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Valéria Sorohan disse...

Somos sim todos iguais, na sepultura e diante de Deus. Quanto tempo não passo aqui, estou de blog novo, vem me visitar.

BeijooO

manuel marques disse...

No dia internacional da amizade deixo este poema.

Os Amigos

Os amigos amei
despido de ternura
fatigada;
uns iam, outros vinham,
a nenhum perguntava
porque partia,
porque ficava;
era pouco o que tinha,
pouco o que dava,
mas também só queria
partilhar
a sede de alegria —
por mais amarga.

Eugénio de Andrade, in "Coração do Dia"

Abraço querido amigo.

Osvaldo disse...

Jorge;

Como seria bom se tivessemos a força de mudar o Mundo, porque vontade não nos falta!...

Bela iniciativa. Parabéns

E tudo por um Mundo melhor...

Um abraço, caro amigo.
Osvaldo

Multiolhares disse...

Parabéns pelo teu poste, precisamos cada vez mais nos consciencializar que esta nas nossas mãos o bem e o mal sempre podemos escolher o bem
Bj

Jorge disse...

Amiga Rê,
Não me envergonhe, com todos esses elogios, s.f.f.
Um b.f.d.s. para si.
J

Olá Valéria,
Obrigado pelo seu comentário, amiga.
Já passei pelo seu blog e... gostei!
AbraçO amigo,
J

Amigo Manuel Marques,
Fiquei sensibilizado com este surpreendente poema.
Obrigado pela partilha.
Um abraço.
J

Prezado Osvaldo,
Foi bom ler o seu pertinente comentário, obrigado.
Um forte abraço,
Jorge

Multiolhares,
Concordo plenamente. É no exercício do "livre arbítrio" que cada um faz a diferença.
bj
J

Laura disse...

Ah, um mundo melhor seria se todos quisessem olhar em frente e não para si, apenas, um mundo melhor seria acorrer a providenciar a que seu irmão ou vizinho, amigo, não tivesse falta de pão... Vontade temos nós de que haja um mundo melhor ma isso tem de ser feito com a ajuda de todos...e nem todos estão dispostos a abdicar das suas mais que uma casas, dos seus muitos carros e passeios..e se um não quer os outros muito menos e assim...assim vai a vida, queremos o melhor para o mundo , mas nem todos querem um mundo melhor..
aquele abraço apertadinho da laura

Naty e Carlos disse...

Um pensamento:
"Se um poeta consegue expressar a sua infelicidade com toda a felicidade, como é que poderá ser infeliz?"
Bom fim de semana
BJS

Vitor Chuva disse...

Olá Jorge!

Primeiramente, obrigado pela vista que fez ao João; "ele" fica-lhe agradecido.
Vejo que ambos abordámos este mesmo tema, proposto pela Regina, e também dou conta que concoradámos em mutos aspectos, o que acho não ser difícil: quando nele pensamos, as receitas para tentar por bem o que o não está não podem diferir muito diferentes.No fundo, tudo depende de nós como seres humanos para tornar este mundo melhor, para os de agora, e para os que hão-de vir.

Um abraço amigo.
Vitor

Reflexo d Alma disse...

Ola!
Chegando pra conhecer.
Vou passear por aqui e depois volto pra comentar.
mas vou amar que passe no canto de poesia.
Bjis entre sonhos e del´rios

Jorge disse...

Olá, Laura,
É isso mesmo! Devemos privilegiar o prazer de ser e não o prazer de ter.
Tudo se resume em cada um pensar mais nos outros, depois em si.
Um abraço amigo,
J

Naty e Carlos,
Antes de mais, bem-vindos ao Azimute.
Vou tentar responder com outro pensamento: A dor que sentimos pelas pessoas que partiram faz parte da felicidade que tivemos...
Um bom fim de mês,
Abr
J

Viva Vitor,
É sempre com prazer que recebo os seus conceituados comentários. Foi bom termos abordado o mesmo tema. Devemos, na prática quotidiana, fazer o melhor possível.
Saudações, amigo.
Jorge

Reflexo d'Alma,
As minhas boas-vindas. Aguardo os seus comentários e visitarei o canto de poesia.
Saudações,
J