Porto de Sines

Porto de Sines

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

" Barragem Do Alqueva - O Grande Lago "

A Barragem de Alqueva é a maior barragem portuguesa e da Europa Ocidental, situada no rio Guadiana, no Alentejo interior, perto da aldeia de Alqueva. A construção desta barragem permitiu a criação do maior reservatório artificial de água da Europa.

Há 12 anos fechou as comportas para satisfação dos alentejanos.


O seu paredão possui uma altura de 96 metros acima da fundação e um comprimento de coroamento de 458 metros.
Almoçamos no "Restaurante Panorâmico Amieira Marina".
Cá do alto avistamos a marina e um ancoradouro que possui diversos pontos de amarração para os barcos.
O " GUADIANA RIO " aguardava-nos no cais de embarque para mais um cruzeiro fluvial.

Aqui podem praticar-se várias actividades aquáticas.

Partimos à descoberta do "Grande Lago" que, para nós, começou na Marina da Amieira e terminou na aldeia da Estrela.
Cruzamo-nos com outro tipo de embarcação de aluguer - o "Reguengos". Embarcações que adotaram o nome de povoações ribeirinhas.
Sobreiros e olivedo alinhado na zona ribeirinha foram uma constante.
Agora foi a vez de sermos saudados e saudar os passageiros do "Alandroal".
A todo o momento deparamos com ilhas isoladas pela subida do caudal da barragem.
Hoje tem água suficiente para abastecer 200 mil pessoas da região e regar os campos agrícolas em três anos agrícolas de seca.
Enquanto o " GUADIANA RIO " navegava nas águas calmas de " O Grande Lago ", disfrutávamos o ar puro daquele oásis de tranquilidade, bastando-nos para isso... olhar em volta.
Uma construção rústica é aqui bem visível.
O motorista manobra o barco para a atracagem suave no cais da Estrela.
Os varandins facilitam o desembarque e lá no alto, à esquerda, divisa-se o autocarro pronto para continuarmos a nossa viagem.
Processou-se sòmente o desembarque dos passageiros que seguiam de autocarro rumo a... Olivença .  

Os restantes regressaram ao cais da Amieira.
A juzante da barragem o rio Guadiana continua paulatinamente até à foz, sendo navegável nos últimos 68 quilómetros a partir de Mértola.

Um projecto que ainda está por concluir...


Fotos: cajoco

Fonte: Google [adaptação]

30 comentários:

lis disse...

Um passeio magnifico Jorge
_ um belo rio , o Guadiana.
mais um registro que gostei imenso.
Fica o abraço

Jorge disse...

Lis,
Um passeio tranquilo, uma paisagem maravilhosa, um corte com a rotina, e... descomprimir.

Aqui - Ali - Acolá - O Irmão disse...

Belas imagens que mostram bem o gosto pela fotografia e por aquilo que por cá existe de bom neste país à beira-mar plantado.

Um local que um dia espero visitar onde à muito o desejo fazer.

Parabéns pela essência das fotos neste belo Blog.

Saúde e tudo de bom.

Majo disse...

~ Bela reportagem do nosso Alqueva.

~ Verifiquei que ainda predominam nas suas margens as culturas de sequeiro
que eram típicas da zona.
~ Vai levar tempo para que se aproveite iodo o potencial hídrico para rega.

~ Grata pela partilha.
~ Parabéns ao Cajoco.

~ ~ Para o casal, dias serenos e felizes. ~ ~

Jorge disse...

Aqui-Ali-Acolá,
As reservas de água são a melhor medida de adaptação aos fenómenos de alterações climáticas, especialmente em períodos de seca.
Visitar a "Barragem Alqueva" é imperdível.
Grato pela visita sempre agradável.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Jorge!

Bonito cruzeiro, muito bem documentado, por "mares" que nunca naveguei.A aguçar o apetite para um passeio por essas paragens, e conhecer de perto essa grande obra que tanta falta fazia.

Bela reportagem!
Um abraço amigo.
Vitor

Jorge disse...

Majo,
Gosto dos seus "atilados" comentários. Idem dos seus parabéns.
O projecto do Alqueva era para estar concluído em 2013...

O casal agradece a sua mensagem amiga, procurando aceitar cada situação tal como é. É esse o segredo da serenidade e, porque não... da felicidade. Obrigado!!
Um abraço.
Jorge

Jorge disse...

Vitor,
Mares serenos são estes, amigo Vitor. O Alqueva faz-me recordar um pouco África, onde existem grandes lagos, como por exemplo o lago Niassa em Moçambique.
Agende o seu "cruzeiro", vai gostar certamente.
Grato pelo seu amistoso elogio.

Graça Pereira disse...

É usual dizermos: Uma imagem vale por mil palavras! Mas tu fizeste uma reportagem fotográfica (...e não só) fantástica!! Parabéns! deve ser um passeio deslumbrante...
É, o FEITIÇOS vai chegar ao público e que seja em boa hora e o acolham com o mesmo carinho e amor com que foi escrito!
É evidente que é direccionado para "gente" que viveu ou passou por Moçambique. Só estes entenderão bem o significado daquelas linhas...
Se quiseres e entenderes, envio-te um exemplar à cobrança, via CTT. Para isso, só tens que me enviar a tua direcção.
Um abraço amigo
Graça

alp disse...

Muy buena entrada..veo que lo pasaste muy bien...un aludo desde Murcia...

Silenciosamente ouvindo... disse...

Meu amigo gostei muito deste seu
pos/reportagem.
Fui ver a barragem mas ainda
estava em fase de construção
e ainda existia a Aldeia da Luz.
Estavam a trasladar os corpos do
cemitério quando lá estive.Pela
sua reportagem fiquei com interesse em lá voltar para ver
a marina e fazer um desses passeios de barco.
Desejo que o amigo esteja bem.
Bj.
Irene Alves

Mariazita disse...

Óptima reportagem fotográfica, devidamente referenciada, dum lindo passeio.
Já fui algumas vezes ao Alqueva, um lugar onde gosto sempre de ir.
Almoçamos sempre no Restaurante A Avestruz. É muito bom.
A última vez que lá fomos "demos a volta" por terra e visitámos a Aldeia da Luz e Estrela. Tirei "montes" de fotos.

Obrigada pela presença na «CASA», cujo comentário me sensibilizou.
Bom fim de semana.
Beijinhos
Mariazita

Suzete Brainer disse...

Maravilhosa postagem,belas
fotos e ricas informações.
Imagino que o passeio deve
ser muito agradável...
Infelizmente aqui,não temos
passeio fluvial,mesmo com
rios poluídos cortando a cidade
e a questão da seca então.

Grata pela partilha,Jorge!

Abraço,amigo.

Ateliê Tribo de Judá disse...

Lindo post,
imagens maravilhosas que nós possamos criar seres humanos melhores a cada dia para que toda essa beleza seja sempre conservada.
Desejo-lhe uma linda semana .
beijos
Joelma

Lídia Borges disse...


Uma maravilhosa viagem guiada!

Obrigada pela partilha.

Lídia

Jorge disse...

Graça Amiga,
Passear é um dos prazeres que o verão nos proporciona.
É sempre bom receber elogios. Obrigado pela parte que me toca.
Preferia encomendar-te o "FEITIÇOS"
por e-mail.

Jorge disse...

alp,
Obrigado! Devemos aproveitar a vida o melhor possível.

Jorge disse...

Irene,
A trasladação dos corpos é sempre triste e dolorosa. A aldeia da Luz, por sua vez ficou submersa, embora se tenha pretendido recriar as melhores condições para os seus habitantes, malgrado os inconvenientes resultantes.Cremos que entretanto tudo isso já terá ultrapassado, podendo agora desfrutarmos um belo passeio.

© Piedade Araújo Sol disse...

e que belo passeio!

boa semana.

beijinho

:)

Brisa Petala disse...

OLÁ JORGE
Passando para visitar seu blog. Parabéns pelas imagens lindas.
Um feliz começo de semana.
Ana

Jorge disse...

Mariazita,
A fotografia caracteriza o nosso olhar. Gosto que @s amig@s estejam do outro lado e as apreciam.
A nova Aldeia da Luz pretende salvaguardar os valores comunitários.
Grato pela reciprocidade na visita.

Tunin disse...

Um passeio maravilhoso acompanhado de relatos e paisagens maravilhosos,
Abração, Jorge!

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Uma reportagem bem conseguida mas ainda assim longe daquilo que se vê quando se faz esta visita ao grande Lago.
Recordei momentos vividos e que me ficaram gravados.
Um passeio que nos marca pela positiva.

Jorge disse...

Brisa Petala {Ana],
Bem-vinda ao "Azimute". Obrigado pelo seu amável comentário.

Jorge disse...

Luis Coelho,
As fotos e a descrição deste passeio são simplesmente uma amostra com pretensão de aguçar a curiosidade de quem ainda não visitou a barragem do Alqueva.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia, perfeita foto reportagem de uma zona agradável que tenho o prazer de conhecer, a barragem é uma obra fantastica em todos os aspectos.
AG

Jorge disse...

Existe Sempre Um Lugar [AG],
A barragem do Alqueva é na realidade um empreendimento gigantesco de fins múltiplos.
Agradeço a sua visita e comentário.

MARILENE disse...

Você me proporcionou um grandioso passeio e me ofereceu impostantes informações. Todas as fotos são ótimas, mas me encantei com a da marina. Abraço.

Jorge disse...

MARILENE,
Bem-vinda ao Azimute!!!
Ainda bem que a foto da "marina" encantou a sua curiosidade. Obrigado!!!

Jorge disse...

JOELMA,
Bem-vinda! Grato pelo comentário e pelos seus votos que retribuo com satisfação.