Porto de Sines

Porto de Sines

domingo, 17 de novembro de 2013

"Lenda da Senhora das Salas"



Capela de Nossa Senhora das Salas / Painel de Azulejos da Estação de Sines

Esta lenda trata da fundação da capela de Nossa Senhora das Salas. Pois conta a tradição que ela foi mandada fazer por uma princesa grega, que se chamava Vetaça ou Bataça, no cumprimento de uma promessa. Pois esta princesa integrara o séquito de D. Isabel de Aragão, a futura Raínha Santa, quando ela veio para Portugal, para casar com o rei D. Dinis.

Pois o barco em que viajava ficou envolvido numa violenta tempestade e D. Vetaça, dirigiu-se a Nossa Senhora, prometendo-lhe que, se escapassem ilesos, mandava construir uma capela em sua honra, no primeiro lugar em que varasse terra. E oferecia a relíquia do Santo Lenho, que sempre trazia consigo, ao primeiro castelo que avistasse.

E Vetassa ou Bataça, sã e salva chegou a terra, à praia de Sines e logo providenciou os estudos e à execução do templo a Nossa Senhora das - sabe-se lá porque razão - Salas. 



 Fonte de D. Betaça [junto à capela da Senhora das Salas]

Esta senhora viveu  até 1336 em Santiago do Cacém.

Seja como for assim viveu através dos séculos, a "Santa" que passou a padroeira de Sines e advogada dos pescadores.

Posteriormente, resolveu-se celebrar a sua invocação a 15 de Agosto, sendo um dos números do programa a tradicional procissão marítima.







  
Fonte: Excerto de "Lendas de Portugal" [adaptção].
Fotos: cajoco [Procissão de 15.Ag.2011]

13 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Não conhecia esta lenda...mas lá temos uma grega a ver-se grega em terras lusitanas! :)

Abraço

© Piedade Araújo Sol disse...

desconhecia por completo, e confesso que gosto muito de saber estas coisas.
as fotos estão muito boas.
bom domingo.
beijos

:)

Jorge disse...

Rosa dos Ventos,
As lendas estimulam a nossa imaginação e fazem também parte da nossa identidade cultural.

Jorge disse...

Piedade,
O saber não ocupa lugar. Grato pela apreciação positiva das fotos.
Uma boa semana para si.

Lídia Borges disse...


As lendas são um património a preservar, pois contam - "Nos" e contam histórias da nossa História comum.
Obrigada pela partilha.

Um beijo

Carla Fernanda disse...

Espetacular!!

Linda lenda e lindas fotos!

Boa semana!!

Catarina disse...

Tb não conhecia a lenda. Gostaria de ter assistido a essa festividade.

Janita disse...

Gosto muito de Lendas, Amigo Jorge, há sempre um fundo de verdade em cada uma delas e todas fazem parte da nossa cultura e da nossa História.
Creio que já no ano passado tivemos o prazer de apreciar fotos que o Jorge connosco partilhou, dessa procissão marítima, que deve ser uma festividade única no País.

Beijinhos amigos.

Janita

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Jorge!

Pois o nome da capela não fará muito sentido, mas certamente que haverá uma boa explicação.Ao contrária da lenda, na qual é fácil acreditar, ainda que lenda continue a ser.Mais interessantes, muitas vezes, do que a própria história...

E são lindas as fotos, duma bonita procissão.

Um abraço amigo.
Vitor

Jorge disse...

Lídia Borges,
As lendas, como muito bem diz, são um património incontornável da nossa Cultura Popular.
Obrigado pela sua opinião que, como sempre, é um valioso contributo, dignificando este espaço.

Jorge disse...

Janita,
As lendas, para além da sua componente cultural, contribuem positivamente para dar asas à nossa imaginação.
O excerto de fotos agora editadas, são meramentes ilustrativas da decisão da invocação da "Santa" a 15 de Agosto, como padroeira de Sines e advogada dos pescadores, pela realização de uma procissão marítima.

Jorge disse...

Vitor,
A designação "Salas, aqui não significa salas, salões, etc, mas o plural de sal, saímento[português antigo] e significa Nossa Senhora dos Defuntos, advogada dos que falecem".
Há também a invocação "Salvas" que teria vindo do facto de Vasco da Gama ter saudado a Senhora com salvas de artilharia sempre que passava com as suas naus à vista da ermida ou capela.[Fonte: Sines Terra de Vasco da Gama - de Arnaldo Soledade].

Joaninha Musical disse...

Muito bem,gostei de saber a história dessa lenda super bonita e interessante!! Adorei a tua postagem!! Beijinhos fofinhos!!