Porto de Sines

Porto de Sines

segunda-feira, 11 de junho de 2012

"O Sobreiro"



O Sobreiro  considerado  Árvore Nacional de Portugal, está protegido por lei desde 2011. O abate de sobreiros sem autorização especial é ilegal.

É das árvores florestais mais abundantes no nosso País, colocando- se em área ocupada logo a seguir ao pinheiro.


Em tempos que já lá vão, Sines albergava fábricas de prancha de cortiça e os seus  habitantes  dedicavam-se desde logo ao ofício de corticeiros, que se sentiam vaidosos do qualificativo, comparados com os demais mesteirais do burgo. Por isso ouvia-se muitas vezes nos bailes dos "Mastros":

"Sapateiros não são homens,
Alfaiates também não ...
Onde chega um corticeiro,
Bate o pé e treme o chão!!!"




Portugal é actualmente o maior produtor mundial de cortiça seguido da Espanha.

Fotos: cajoco [Paineis de azulejos da Estação de S. TIAGO DE CACEM]
Fontes: Google e Sines, Terra de Vasco da Gama [adaptação]

14 comentários:

manuel marques disse...

Excelente e muito interessante.

Abraço.

Graça Pereira disse...

Além de ser uma árvore com um porte elegante que eu gosto muito, produz riqueza ao nosso país que pode e deve ser mais explorada ainda!!
Beijo e uma boa semana.
Graça

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Meus queridos amigos,
Venho pedir muita desculpa de não responder
Como de costume, um comentário a cada um de voz
Que com Tanto carinho me vistão.
E me acolhem em vossos corações, desde a última postagem
Que me tenho encontrado acamada os medicamentos
Matam mais do que curam.
Então eu tenho sido modos que uma cobaia do meu
Médico, até que ele acerte volta e meia lá fico eu de cama.
Tudo isto meus amores, para justificar a razão de minha
Ausência, não é preguiça, nem má vontade, é simplesmente
Mesmo por falta de bem-estar.
Tudo de bom em vossas vidas e os meus beijinhos de luz e paz.

quem és, que fazes aqui? disse...

Produzimos cortiça, mandamos fazer as rolhas lá fora e, depois, dão-nos uma a cada um para que não falemos...

Só que se esquecem que a cortiça é um bom flutuante e, assim, não iremos (os que se não calam) ao fundo.

Beijo

Laura

Vitor Chuva disse...

Olá, Jorge!

Felizmente que neste país ainda por cá há coisas boas, e esta é certamente uma delas.Apesar de alguns atentados que de vez em quando ocorrem, em nome de interesses mais do que duvidosos...
Bonita quadra; não imaginava que os corticeiros eram assim tão vaidosos...

Abraço amigo
Vitor

Multiolhares disse...

E temos peças lindas feitas em cortiça como malas de senhora, carteiras, cintos até chapéus de chuva já vi
bjs

Evanir disse...

Lindas peças meu amigo bom saber nunca havia lido sobre essa arvore frondosa e de sua riqueza.
Temos aqui muitas arvores infelizmente muitas dela já não existe mais .
nossa Amazonas foi detonada por muitas queimadas de derrubadas .
Linda sua postagem com riqueza de detalhes.
Feliz final de semana.
Evanir.

oteador disse...

bonita y enriquecedora historia!!, los azulejos hablan por si solos, y el arbol tambien. suerte a portugal y a españa tambien, en todo, en el futbol, pero sobre todo en el desarrollo de esas materias primas y otros recursos.saludos

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Meu querido amigo Jorge , a vida por vezes se esquece de nós, mas nós nunca esquecemos os amigos; e volta e meia damos um alô só para mostrar e dizer "amigo, amiga ainda cá estou ainda não fui viajar". E que bom quando pensamos que já estamos esquecidos e abrimos a janelinha e lá está um amigo/a muito querido a dizer coisas tão lindas, sim porque as palavras tem o dom de nos levantar e de nos deitar abaixo.
Sei que nem todos os meus amigos se podem sentar em frente há janelinha e passar o dia todo em frente dela, mas é maravilhoso quando a visita é tão querida como a sua, que tem sempre lindas histórias de vida para nos contar.
Beijinhos de luz e paz na vida...

Tunin disse...

Que espetáculo em azulejos!Aprendi muito sobre o sobreiro. Os laços que nos unem a Portugal, trazem-no o sentimento do romantismo.
Abração.

Estive ausente por uns dias, face aos imprevistos na internet.

JUAN FUENTES disse...

Amigo Jorge.Los azulejos portugueses tienen fama mundial por sus calidades.
Un fuerte abrazo
Juan

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

É meu amigo Jorge, eu agora ando virada para o azimute, talvez por que faz mais parte da minha Província, e onde o sobreiro para mim não tem o mínimo segredo em todos os aspectos, até subir a ele e roubar os ninhos das aves .
Hoje sinto muito remorso mas os tempos eram difíceis e tudo servia para enganar a fome, a história do pastor também me diz muito pois o meu querido pai foi pastor de cabras , só que na nossa região não há lobos.
Os lobos estão todos na assembleia da Republica, tenha uma linda semana com beijinhos de luz e muita paz na sua vida...

Jorge disse...

Amigo Juan,
Os azulejos recordam a actividade dos corticeiros.

Daniel Reis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.